quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Solta o animal que há em ti

Visto que hoje se comemora o dia do animal...vou fazer (-te) um pedido:
-Fode-me hoje, como se fosses um animal.



17 comentários:

  1. Mas existem outras formas de o fazer?

    ResponderEliminar
  2. Se ao menos estivesses a falar p mim .... ñ te deixaria mal. ;-)

    ResponderEliminar
  3. 男人怎么可以这么粗暴对待女人?

    女人需要温柔和浪漫

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 不总是,有时和为了改变,我们也喜欢事情。;)

      Eliminar
  4. Bom dia. Será que a quem foi dirigido esse "GRITO" o ouviu?
    A imagem é fascinante
    .
    Hoje escrevi um tema que, penso eu, merece sua opinião pois sei ser uma pessoa que gosta de desafios".
    .
    Deixo um abraço de amizade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Ouviu"...presumo!!

      Vou espreitar o tema, Gil.

      Beijo.

      Eliminar
  5. Concordo plenamente :)

    Beijos
    ""E se algum dia a sua namorada/esposa lhe colocasse o cinto de castidade? no nosso blogue, hoje!""

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Xiii, cinto de castidade??
      Não me parece que fosse gostar...

      Beijo.

      Eliminar
  6. A menina estava em brasa. O que foi que a acendeu ora diga lá?
    Pensador

    ResponderEliminar
  7. A Ana? Estava de botas daquelas de cabedal, um vestido encarnado, sem cueca, espetou o cu para mim, estava cheia de tesão na cona e estava nervosa...tirei-lhe o vestido e deixei-a só de botas, toda nua com o papo de cona inchado e a latejar...comecei a esgalha-la toda e a chamar-lhe puta ao ouvido...ela toda ensopada...pus ela de quatro, mamei-lhe a rata toda...mamei-lhe na boca...enfiei-lhe a cueca na boca e enterrei o mangalho todo cona a dentro... entrava e saía enquanto ela me chamava cabrão...enquanto ela dizia o quanto me amava e era obcecada por mim...eu disse-lhe para ser mais, que não havia problema...tirei da cona dela qdo estava para me esporrar todo...ela, que sempre dizia que não gostava qur lhe esporrassem a boca toda...agarrou-se ao caralho a mamar e fez-me esporrar-lhe a boca toda...engoliu-me a esporra a olhar para mim, de botas de cabedal e fio dental rebentado, cona rebentada.. olhou para mim engoliu a esporra toda como prova de amor...encaixou-me o caralho naquela peida boa e obrigou-me a partir-lhe o cu todo enquanto me mamava na boca...e aqueles bicos todos tesos, chupei forte...e disse-lhe, gostas mesmo de mim não gostas Ana sua puta boa...adoro foder-te a peida toda...

    Ainda hoje se fode toda a pensar em mim...esporra-se toda e chama-me cabrão...porque ela sabe que eu gosto...

    No meio da sala, pus ela em cima da mesa, toda a gente podia ver, mamei-lhe a cona toda enquanto batia o caralho.. mamei-lhe a cona toda com ela com as mãos agarradas na mnua cabeça a forçar-me o grelo contra a boca...adorei...amei...amo...no final? Ofereci-lhe um cachecol da seleção para lhe apertar no pescoço toda nua enquanto a enrrabo toda.

    A puta da Ana... comigo anda sempre preenchida...em todo o lado...a toda a hora.

    ResponderEliminar