quarta-feira, 21 de junho de 2017

Paragem de stop

E quando a meio da noite nos fazem uma paragem de stop?
Nos pedem os documentos e nos dizem:
"- Minha senhora, por acaso sabe que vinha em excesso de velocidade?"
"- Pois, talvez viesse senhor agente, comigo é sempre a abrir, não me vai multar pois não?" - perguntei-lhe, enquanto o observava de cima a baixo e o imaginava sem farda.
"- Não posso deixar passar minha senhora, vou ter que a multar, a não ser que, me explique essa do, "é sempre a abrir". - disse-me o gnr com cara de desafiador.

Escusado será dizer, que a multa ficou sem efeito.


10 comentários:

  1. Se Tens Olhos.....Pinas? Ahahahah excelente aventura, atrevida Paloma :)

    ResponderEliminar
  2. Rica multa, ontem levei uma parecida! Ahahah. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será que foi do mesmo agente? :P
      Queres ver que ele anda por aí a distribuir "multas"??

      Eliminar
  3. Andas sempre a abrir, depois queixa-te se ao travares a fundo levares uma "trazeirada"! ;)

    ResponderEliminar
  4. Bem, não era aquele barrigudo lá posto, com bigode e a cheirar a vinho de certeza.
    Pensador

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não era, que com esse nem chegava a negociar. :P

      Eliminar